Semana mundial de Aleitamento Materno

0110201710251818839290_1719251058089941_3546785497390731583_n

Estabelecida desde 1992 pela World Alliance for Breastfeeding Action(WABA), a Semana Mundial de Aleitamento Materno, que conta com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), tem o objetivo de facilitar e fortalecer a mobilização social para a importância da amamentação. Comemorada entre os dias 1 a 7 de Agosto, já envolve mais de 120 países, considerando-se as iniciativas e esforços globais relacionados com o tema.

A Biblioteca Virtual em Saúde Aleitamento Materno Brasil (BVS Aleitamento Materno Brasil) surge da necessidade de divulgação, integração e compartilhamento de informação relevante neste tema, oferecendo aos seus usuários a mais qualificada informação científica e técnica no assunto. Lançada oficialmente em abril de 2005, a BVS Aleitamento Materno Brasil atualmente registra uma média mensal de 6 mil acessos.

É um projeto de construção coletiva no Brasil, coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), por meio do Centro de Informação Científica e Tecnológica (CICT) e apoiado pelo Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde , BIREME/OPAS/OMS, centro especializado da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Escritório Regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para as Américas.

A BVS Aleitamento Materno Brasil também conta com o apoio e reconhecimento da WABA, mais importante entidade mundial no tema. No Brasil, o portal da BVS está sob a liderança da Biblioteca do Instituto Fernandes Figueira (IFF/FIOCRUZ) e do Banco de Leite Humano do IFF, Centro de Referência Nacional da Rede Nacional de Bancos de Leite Humano (RedeBLH).

No mundo todo, a cada ano, mais de 10 milhões de crianças com menos de cinco anos morrem de doenças que podem ser prevenidas e tratadas. Há várias intervenções preventivas e terapêuticas eficazes e de baixo custo que podem ajudar a reduzir o número de mortes entre crianças menores de cinco anos. A principal delas é o aleitamento materno até os seis primeiros meses de vida do bebê, no mínimo.

Reunindo os mais importantes estudos científicos relacionados ao tema, a BVS Aleitamento Materno Brasil é um importante instrumento de apoio à tomada de decisão para gestão de bancos de leite humano e promoção do aleitamento materno como estratégias de combate à mortalidade infantil no País.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, a porcentagem de crianças amamentadas até os seis meses de vida cresceu no Brasil, entretanto, esses índices por região ainda são baixos (16,6% no Sudeste; 35,9% no Centro-Oeste; 20% no Nordeste; 19,5% no Norte e 68,4% no Sul – dados de 1999). Segundo o Ministério, a média de aleitamento materno exclusivo da população brasileira em 1999, era de 23 dias, entretanto, de aleitamento materno incluindo também outro tipo de alimentação na dieta do bebê era de 9 meses e 9 dias. O ideal seria que o bebê tivesse uma dieta exclusiva com leite materno até os primeiros 6 meses de vida. E que o leite materno continuasse na dieta até ao menos o primeiro ano de vida do bebê.

Para o presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria, Dioclécio Campos Júnior, a prática não deve ser interrompida. Segundo ele, o aleitamento materno exclusivo transfere à criança, além dos nutrientes, substâncias e células. “São esses anticorpos que as protegem de infecções”, explica. Por outro lado, no País, em pouco mais de uma década o número de Bancos de Leite Humano saltou, de apenas dez, para 187 unidades (em fevereiro de 2006) e 29 postos de coleta de leite humano, distribuídos em todos os estados brasileiros, constituindo a Rede Nacional de Bancos de Leite Humano (RedeBLH).

Em 1998, o Ministério da Saúde e a FIOCRUZ elaboraram um plano de ação para o fortalecimento da Rede Nacional de Bancos de Leite Humano. Uma das metas dessa proposta era a formação de um sistema de informação cooperativo, articulado e integrado. A BVS Aleitamento Materno Brasil é o resultado desse plano.

Fazendo-se pesquisas sobre os temas: aleitamento materno; alojamento conjunto; bancos de leite; colostro; cuidados do lactante; desmame; leite humano; nutrição infantil; substitutos do leite humano, entre outros, o pesquisador, gestor de saúde ou profissional de saúde encontra na BVS Aleitamento Materno Brasil, uma coleção completa de fontes de informação científica e técnica atualizada e qualificada.

Fonte: BVS – Biblioteca Virtual em Saúde

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s